BenficaDesportoNacionalNotícias

Revelado outro empresário que tentou aliciar jogadores a favor do Benfica

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol desvendou detalhes significativos no acórdão relativo ao processo de investigação de alegado aliciamento a jogadores de equipas como Rio Ave, Marítimo, e Boavista, antes de confrontos com o Benfica nas épocas de 2016/17 e 2017/18.

O processo, agora arquivado, traz à luz um episódio envolvendo Cássio Albuquerque dos Anjos, ex-guarda-redes do Rio Ave, que teria sido contactado por um empresário dias antes de uma partida contra o clube da Luz na temporada de 2017/18.

Segundo o documento divulgado nesta sexta-feira, o empresário João Carlos Pinheiro Paula é apontado como o indivíduo que, três dias antes do jogo mencionado, teria realizado um contacto telefónico com Cássio. Durante a conversa, após questionar o estado de espírito do jogador e da equipe relativamente ao confronto iminente, Pinheiro Paula fez alusão a um episódio do ano anterior que não teria “corrido muito bem”, insinuando uma tentativa de aliciamento por parte de outro empresário, César Boaventura, para influenciar o resultado do jogo a favor do Benfica. Cássio, perante a insinuação, terá prontamente rejeitado a conversa, afirmando que, se o assunto dizia respeito ao jogo com o Benfica, não havia motivo para continuar a dialogar.

O acórdão esclarece ainda que, embora esta situação possa sugerir uma tentativa de aliciamento por parte de Pinheiro Paula, não seria possível associar esta conduta diretamente à Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, dada a impossibilidade de provar uma ligação direta com o clube relativamente a este incidente. Ademais, o Conselho de Disciplina destacou que, seguindo a linha de decisão tomada em relação a César Boaventura, o Regulamento Disciplinar não prevê a possibilidade de aplicar sanções disciplinares a intermediários, visto que não são considerados agentes desportivos nos termos regulamentares.

Este desenvolvimento acrescenta mais uma camada à complexa teia de alegações e investigações no futebol português, sublinhando a intricada relação entre agentes, clubes, e jogadores no panorama desportivo nacional.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button